segunda-feira, 31 de março de 2008

O velho e o moço

Recebi certa vez um par de amplificadores para reparo (na verdade não lembro exatamente o serviço que devia ser realizado neles) e a curiosidade foi justamente por serem do mesmo modelo, com uns 30 anos de diferença entre os dois.

Trataram-se de dois Fender Deluxe Reverb, um de época (anos 60 creio eu) e outro da década de 90 (reedição).

Aproveitei para tirar fotos dos irmãos, lado a lado, mostrando suas diferenças internas:

4 comentários:

trevor smalltown disse...

eu achei essa mesma diferença quando vi um Marshall Bluesbreaker Reissue e um original abertos.

eh impressionante.

Eh notavel alguma diferença sonora ?

O início da Crise está próximo... disse...

Seria bom dizer qual foi a conclusão a q vc chegou após olhar os dois, pois pra mim é só fio velho e fio novo...
=D

Luiz Esmiralha disse...

Hmm, os componentes são todos diferentes. O que faz sentido, já que quase nenhuma fábrica de transistor de 1965 deve estar ainda aberta hoje.

Pedrone, o que vc achou do projeto do reissue? Em termos de sonoridade, vc lembra como eles se comparavam um ao outro?

Gustavo disse...

isso que eu ia perguntar, se em sonoridade muda alguma coisa